Página incial Indefinido Análise tática e técnica: veja como chega o Defensa y Justicia para...

Análise tática e técnica: veja como chega o Defensa y Justicia para enfrentar o Flamengo na Libertadores

2
0

Vale destacar que, após ser campeão da Sul-Americana 2020 com Hernán Crespo (agora no São Paulo), o Defensa y Justicia adentrou sua segunda Copa Libertadores. Mesmo com a modesta folha salarial de apenas 100 mil dólares (500 mil reais) por mês, a equipe verde e amarela conseguiu chegar à fase mata-mata pela primeira vez, ao passar em segundo lugar no Grupo A (com Palmeiras, Independiente Del Valle e Universitario).

Apesar disso, para quem acha que o Flamengo já está com a classificação garantida, se engana. Isso porque, ao contrário da grande maioria das equipes sul-americanas, o Defensa y Justicia mantém o padrão de jogo ofensivo e de posse de bola, mesmo com as constantes trocas de treinadores. O exemplo é a mudança mais recente: a saída de Crespo e chegada de Beccacece não alterou as ‘manhas’ dos argentinos, que faturaram a Recopa em cima do Palmeiras.

CONFIRA A CAMPANHA DO DEFENSA Y JUSTICIA NA LIBERTADORES 2021:

2º colocado do Grupo A
9 pontos (3V, 2E e 1D)
11 gols marcados
8 sofridos
66% de aproveitamento

Dessa forma, com a ‘fórmula’ para o sucesso definida, falta apenas uma questão para definir o Defensa y Justicia: o elenco. No entanto, a metáfora do ‘bom e barato’ jamais poderia ser tão bem definida. O plantel que Sebastian Beccacece tem nas mãos é qualificado, bem treinado e, como mencionado, não custa muito dinheiro aos cofres do clube. No entanto, esta janela de transferências castigou a equipe argentina, que já perdeu dois titulares para o duelo desta quarta (14).

Curiosamente, ambos foram para o River Plate. O volante Enzo Fernández, de apenas 20 anos, já era jogador dos Millonarios e estava no Defensa y Justicia por empréstimo quando foi chamado de volta por Marcelo Gallardo. Já Braian Romero, atacante e artilheiro da equipe no ano, teve a contratação selada neste mês de julho e não atua mais pela equipe de Sebastián Beccacece.

Mesmo assim, o Defensa y Justicia ainda tem peças importantes em todos os setores. Na defesa, o pilar é o arqueiro Ezequiel Unsain, que está no clube desde 2017 e foi decisivo na conquista da Recopa Sul-Americana. Já no meio-campo e no ataque, com as saídas de Fernández e Romero, Lucas Barrios e Walter Bou assumem o protagonismo. Enquanto um é recém contratado e já tem experiência na Libertadores, o outro é atual artilheiro do time na competição, com seis gols.

Dessa forma, o Defensa y Justicia pode dar bastante trabalho ao Flamengo, mesmo com o Rubro-Negro como favorito à classificação. O embate entre brasileiros e argentinos será nesta quarta-feira (14), às 21h30 (horário de Brasília), no Estádio Norberto Tomaghello.

DEIXE UM COMENTÁRIO

Faça seu comentário
Digite seu nome