Página incial Brasileirão Análise tática: Flamengo x América-MG

Análise tática: Flamengo x América-MG

4
0

Flamengo e América-MG se enfrentam neste domingo (11/06), às 16h, no Maracanã, pela terceira rodada do Brasileirão. Este é o primeiro dos confrontos do Mais Querido no campeonato em que não vai contar com os 5 convocados para a Copa América. Entretanto, diferente da partida contra o Coritiba, o time terá à disposição Pedro e Gerson, o que dá à equipe opções diferentes de formações.

Sem Gabigol, Pedro, logicamente, ganha a posição de titular. O centroavante tem um estilo diferente do 9 do Flamengo, pois faz mais a função de pivô, porém tem menos velocidade e movimentação. O time também não vai ter um meia-armador de ofício, como Arrascaeta e Everton Ribeiro. Porém, com a volta de Gerson, o camisa 8 pode muito bem fazer a função.

Assim, o Flamengo tem algumas opções táticas interessantes. O time costuma atuar em um 3-2-3-2 com a bola, com Filipe Luís na primeira linha, auxiliando a saída, e o lateral-direito como um ala, na mesma altura dos meias mais avançados. Mas, sem Everton Ribeiro e Arrascaeta, Vitinho, que é um jogador de mais velocidade do que os dois, deve ser o titular.

Então, o Mais Querido pode entrar em campo em um 4-2-3-1, com os 2 laterais tendo liberdade para avançar, Diego e João Gomes de volantes, Vitinho aberto na direita, Bruno Henrique na esquerda, Gerson centralizado e Pedro na frente. Caso faça a saída de 3, com o lateral-esquerdo na função de 3º zagueiro, a formação seria uma espécie de 3-2-4-1, com Gerson e Vitinho por dentro, podendo variar para o 3-2-3-2. Nesse caso, o camisa 11 abriria na esquerda, Matheuzinho faria a ala-direita e Bruno Henrique seria o 2º atacante.

Uma outra opção interessante para o começo de jogo, ou de colocar ao longo da partida, é Rodrigo Muniz ao lado de Pedro. Assim, João Gomes sairia do time e Gerson faria a função de 2º volante, com Vitinho atuando centralizado, atrás dos atacantes, e Matheuzinho de ala. O time, então, ficaria em um 3-2-3-2, mas com 2 centroavantes de ofício.

Além disso, essa mesma equipe poderia alternar para um 3-1-4-2, com Gerson ao lado de Vitinho pelo centro, ou no 4-1-4-2, com Matheuzinho de lateral (não ala) e Filipe Luís tendo mais liberdade para avançar. O camisa 8 já vem fazendo na atual temporada esse “balanço” entre atuar de 2º volante, ao lado de Diego, e avançar para a linha dos meias, centralizado.

O América-MG, por sua vez, costuma atuar em um 4-1-4-1, que varia para o 4-2-3-1. A equipe, comandada por Lisca Doido, é muito bem treinada e compacta, que não costuma dar muito espaço ao adversário. Quando rouba a bola, busca sempre a velocidade para marcar. O time também vai muito bem no jogo aéreo, principalmente defensivo.

Ainda assim, o Flamengo tem muita qualidade e terá diversas opções e variações táticas para furar a forte defesa do América. Se botar intensidade na partida, com trocas de passes rápidas, o Mais Querido tem tudo para sair com outra vitória.

DEIXE UM COMENTÁRIO

Faça seu comentário
Digite seu nome