Página incial Destaque Com risco iminente de multa, Gabigol se apoia em parte da cúpula...

Com risco iminente de multa, Gabigol se apoia em parte da cúpula do Fla para evitar corte no salário

7
0

Dividindo as atenções entre Flamengo e Seleção Brasileira, Gabigol se envolveu em episódio polêmico nos últimos dias, por não se apresentar ao Mais Querido após servir a Canarinho nas Eliminatórias. Agora, sob risco iminente de multa da diretoria rubro-negra, o camisa 9 se apoia na alta cúpula do Clube da Gávea para não sofrer corte no salário. A informação foi divulgada pelo portal “Uol”.

Vale lembrar que, em casos recentes de indisciplina, Michael e Léo Pereira foram punidos de forma semelhante. Portanto, é provável que o ‘lobby’ de Gabigol não surta efeito e o ídolo rubro-negro receba a multa. No ‘caso do cassino’, em março, o Flamengo não puniu o atleta por entender que se tratava de um episódio pessoal em período de recesso.

Desta vez, o clube entende que houve insubordinação de Gabigol, que negou pedido do Flamengo e não se apresentou para jogar contra o Coritiba. O atleta, por sua vez, se apegou ao laudo da CBF, o qual apontava um edema na coxa direita. Contudo, o Mais Querido alega não ter sido comunicado pela Seleção Brasileira sobre o contusão e, por isso, exigia que o camisa 9 se apresentasse.

Em meio às polêmicas, Gabigol já se apresentou à Seleção Brasileira para a disputa da Copa América. A tendência é que o atleta desfalque o Flamengo por cerca de um mês. Com alta probabilidade do Brasil chegar à final, no dia 10 julho, Gabi só voltaria ao Mais Querido para a primeira partida das oitavas de final da Libertadores, contra o Defensa y Justicia, no dia 14.

Mesmo sem Gabigol, o Flamengo não tem tempo a perder e foca suas atenções no jogo deste domingo (13), contra o América-MG, pelo Brasileirão. O duelo será disputado às 16h (horário de Brasília), no Maracanã.

DEIXE UM COMENTÁRIO

Faça seu comentário
Digite seu nome