Página incial Indefinido Flamengo divulga superávit no primeiro trimestre; veja os números

Flamengo divulga superávit no primeiro trimestre; veja os números

2
0

Após ter as contas impactadas pela pandemia em 2020, o Flamengo começa a se recuperar. De acordo com o balancete divulgado pelo clube nesta quarta-feira, 5, o Rubro-Negro teve um superávit de R$ 4 milhões no primeiro trimestre de 2021. Ao todo, a receita bruta foi de R$ 210 milhões. Grande parte destes valores veio da negociação de atletas.

Segundo os dados, R$ 52 milhões deste montante vieram das vendas de jogadores. Entretanto, o Flamengo alertou no comunicado que ainda há necessidade de mais negociações para atingir a meta estabelecida pela diretoria. Há uma diferença de R$ 66 milhões entre o valores a pagar e receber oriundos de transferências.

O Rubro-Negro divulgou também que conseguiu aumentar seu caixa em R$ 7 milhões, totalizando R$ 73 milhões. Mas para manter a segurança e a saúde financeira, não há intenção de mexer nesta margem por enquanto. O temor é quanto pode ainda durar a pandemia.

Por conta do coronavírus, o Flamengo teve diretamente afetadas as partes que mais capitalizavam receitas para os cofres, como bilheteria e sócio-torcedor.

Jogadores negociados rendem altas cifras no período ao Flamengo

A negociação de jogadores foi a parcela mais importante dos números positivos nesse primeiro trimestre. Além das vendas, o Flamengo recebeu importantes fatias de transferências de atletas que saíram do clube em outras épocas. Portanto, o caixa pode engordar ainda mais nos próximos meses.

É o caso de Pablo Marí. O contrato do espanhol prevê uma quantia a cada soma de dez jogos pelo Arsenal, até alcançar o máximo de oito milhões de euros (R$ 52 milhões). Mas nestes primeiros três meses o Rubro-Negro recebeu o primeiro milhão.

Contudo, também há outros valores que vieram de vendas em 2021. São os casos de Lincoln (2,7 milhões de dólares) e Yuri César (6 milhões de dólares). Entretanto, no documento rubro-negro, não há por enquanto uma projeção de investimentos:

“Investimentos de capital, seja em ativos ou jogadores serão extremamente limitados ao longo do ano, e, mesmo nesses casos, sem que existam desembolsos em 2021”, diz o trecho.

DEIXE UM COMENTÁRIO

Faça seu comentário
Digite seu nome