Página incial Brasileirão Flamengo entra no STJD para ter público no Brasileirão

Flamengo entra no STJD para ter público no Brasileirão

7
0

Após conseguir jogar com público pela Libertadores, o Flamengo entrou no STJD para poder ter torcida no Brasileirão.

Flamengo entra no STJD para jogar com público no Brasileirão

Conforme informação de Cahê Mota (“ge”) o Flamengo entrou com uma medida inominada no Superior Tribunal de Justiça Desportiva para ter público no Brasileirão. De acordo com o jornalista, o clube se baseia em ações de prevenção contra a COVID-19 realizadas na cidade do Rio de Janeiro como prerrogativas para o pedido. Assim como os jogos realizados pela Libertadores fazem parte da justificativa do Flamengo para poder receber público jogos como mandante no Campeonato Brasileiro.

A princípio a CBF neste momento somente analisa a presença de público nas quartas de final da Copa do Brasil. Diferentemente da principal entidade esportiva no Brasil, a CONMEBOL já liberou público para os jogos da Libertadores, seguindo os protocolos sanitários do local da partida.

Prefeitura do Rio libera 50% nos estádios a partir de setembro

Após quase 1 ano e meio, enfim a torcida do Flamengo já tem data para voltar ao Maracanã. A Prefeitura do Rio liberou 50% de público nos estádios a partir de setembro.

O prefeito do Rio de Janeiro, Eduardo Paes, anunciou no último dia 29 de julho um plano de retorno ao público nos estádios. A princípio este plano possui três fases:

A primeira fase consiste na liberação de 50% do público em eventos ao ar livre a partir de 2 de setembro. Todavia, só terão acesso ao estádio torcedores que já receberam as duas doses da vacina contra a COVID-19. Assim como será obrigatório o uso de máscara.

A segunda fase começará em 17 de outubro. Seguindo os mesmos protocolos sanitários, os estádios vão poder receber 100% de sua capacidade total.

Por fim, em 15 de novembro, o público poderá entrar no estádio sem máscara. Porém é preciso comprovar que está vacinado.

Enfim, está cada vez mais próximo o retorno da Nação Rubro-Negra aos estádios.

DEIXE UM COMENTÁRIO

Faça seu comentário
Digite seu nome