Página incial Futebol Justiça nega pedido de Gabigol e Globoplay exibe polêmica em cassino; veja...

Justiça nega pedido de Gabigol e Globoplay exibe polêmica em cassino; veja o que foi divulgado

1
0

No último dia 14, Gabigol se envolveu em uma polêmica após ser flagrado pela Polícia de São Paulo em um evento clandestino em um cassino com aproximadamente 200 pessoas. Em meio a isso, o atacante tentou impedir que o Globoplay exibisse o episódio na série ‘Predestinado’, em homenagem ao atacante. No entanto, a Justiça negou o pedido do jogador, e a plataforma divulgou o capítulo em que o atleta vai ao estabelecimento.

CONFIRA O QUE FOI EXIBIDO:

Na série ‘Predestinado’, o último episódio, de cerca de 33 minutos, dedica aproximadamente três minutos ao ocorrido no cassino, na Vila Olímpia, em São Paulo. Gabigol aparece sendo acompanhado por policias na operação no começo do capítulo e a situação retorna para ser desenvolvida nos minutos finais. De acordo com a Justiça, não havia motivos para que a plataforma não divulgasse o capítulo.

Pouco depois de exibir a temporada de Gabigol em 2020, a série apresenta o episódio envolvendo o cassino clandestino. Primeiramente, o Globoplay divulga como os jornais ficaram sabendo da notícia, e em seguida, os comentaristas esportivos da Globo falam sobre a polêmica e criticam a postura do jogador.

Além disso, os produtores da série também colocaram a entrevista de Gabigol, horas após o ocorrido, exibida pelo ‘Fantástico’. Na conversa, o camisa 9 do Flamengo se desculpa pelo acontecimento e nenhum comentário novo a cerca do fato ou nenhuma declaração do jogador é divulgada.

A decisão de colocar a polêmica no cassino clandestino pegou a assessoria de Gabigol de surpresa, uma vez que eles não sabiam que a Rede Globo havia editado o documentário e colocado a situação no último episódio. Em nota, o pai de Gabigol falou sobre o caso, e afirmou que o acordo com a emissora foi quebrado, alegando que houve enganação e traição por conta de audiência.

CONFIRA A NOTA DO PAI DE GABIGOL NA ÍNTEGRA:

Ser pai é orientar seus filhos, aconselha-los e buscar neles o melhor, sempre com transparência e dignidade. Venho aqui não parar amenizar os últimos acontecimentos, pois sei que foram errados, conversei com o Gabriel e vi nos olhos do meu filho, daquele mesmo menino de anos atrás, uma compreensão do erro que cometeu. E é isso que buscamos, o entendimento de nossos erros para que não sejam repetidos.

Criamos o filho para o mundo, mas damos a eles toda base de caráter e dignidade para enfrentar o mundo. Não posso me calar perante algumas injustiças que têm sido cometidas. Repito, errou, foi repreendido e pagará legalmente pelo que fez.

Mas há pessoas agindo de má fé, quebrando acordos, usando da imagem dele para se promover e ganhar audiência. Abri a porta da minha casa para um projeto grandioso, que nos trouxe o propósito de homenagear o Gabriel. Foram meses, semanas, horas dedicadas a isso, sempre muito solícito e presente. Nos emocionamos a cada episódio, minha esposa chorou, minha filha, a cada história que passamos juntos, que batalhamos para chegar até aqui. Mas fomos enganados, fomos traídos por conta de audiência e isso não podemos aceitar.

Batalhamos para criar nossos filhos da melhor forma, nos orgulhamos de sua carreira dentro de campo e a idolatria que ele genuinamente conquistou perante às crianças deste Brasil. Estaremos sempre juntos, aconselhando, conversando, mas jamais vamos aceitar e nos calar frente à injustiça.

DEIXE UM COMENTÁRIO

Faça seu comentário
Digite seu nome