Página incial Destaque Mauro Cezar: “Sem Gerson, Ceni tem que buscar outra dinâmica de jogo...

Mauro Cezar: “Sem Gerson, Ceni tem que buscar outra dinâmica de jogo no Flamengo”

53
0

O Flamengo está em contagem regressiva para a despedida de Gerson. Negociado com o Olympique de Marselha, o meio-campista ainda tem mais três jogos pela frente com a camisa rubro-negra: Coritiba, Red Bull Bragantino e Fortaleza. O técnico Rogério Ceni tem a missão de tentar encontrar uma forma de suprir a ausência de um dos jogadores mais importantes de sua equipe.

No Fim de Papo, live pós-rodada do UOL Esporte – com os jornalistas Isabela Labate, Mauro Cezar Pereira, Milly Lacombe e Renato Maurício Prado – os comentaristas falaram sobre a importância de Gerson para o time da Gávea e como deve ser o futuro da equipe sem ele.

Para Mauro, a solução passa por mudanças no estilo de jogo da equipe. “Acho que o Ceni vai ter que buscar outra dinâmica de jogo. A característica do Gerson, de retenção e proteção da bola, não vejo ninguém que faça da mesma maneira. Há uma expectativa pela volta do Thiago Maia, que tem outra característica, mas é um jogador bem interessante”, disse.

Renato também acha que não há um jogador de características semelhantes às de Gerson. “Igual a ele não existe no futebol brasileiro. O Thiago Maia é a grande esperança, mas fica a dúvida de como ele voltará de uma cirurgia tão complicada. Tem dois meninos: o Hugo Moura, para ser volante e empurrar um pouco o Diego para frente, e o João Gomes, que tem entrado muito bem e vai ser um jogador muito bom no meio-campo”, comentou.

Para Milly, Rogério Ceni precisará de criatividade para preencher o espaço deixado por Gerson. “Ele vai ter que quebrar a cabeça e talvez com uma solução criativa, como já fez com Willian Arão e Diego. O time do Flamengo orbita em torno do Gerson, que vai abrindo os espaços, segura a bola, distribui o jogo, chuta muito bem de fora da área. Se eu fosse flamenguista, estaria batendo minha cabeça na mesa. É um jogador sensacional”, elogiou.

Mauro não vê o Flamengo atrás de reforços no mercado para substituir Gerson. “Vai ter que busca outra maneira de fazer o time funcionar, porque não vai ter jogador que faça esse papel. Pode ter um jogo mais dinâmico, com alguém que libere a bola mais rapidamente e dê um pouco mais de velocidade, mas vai ter que buscar outra saída. O elenco é muito forte. Não é provável que o Flamengo faça uma grande aquisição. O Rogério deve estar pensando de que forma deve organizar o time. Não vai encontrar outro igual”, concluiu.

Fonte: Uol

DEIXE UM COMENTÁRIO

Faça seu comentário
Digite seu nome