Página incial Futebol Vidal recusa time francês e Flamengo é apontado como possível destino, diz...

Vidal recusa time francês e Flamengo é apontado como possível destino, diz jornal

23
0

O meia chileno Arturo Vidal recusou o projeto do técnico Jorge Sampaoli, no Olympique de Marselha, da França. A informação é do jornal Sport, da Espanha, nesta sexta-feira, 30. Entrando, em seu último ano de contrato com a Internazionale de Milão, da Itália, o Flamengo é apontado como possível destino do jogador da Seleção do Chile.

De acordo com a publicação, o próprio meia teria falado diretamente com o argentino Sampaoli sobre a recusa em atuar pela equipe francesa. O texto diz que Vidal não teria interesse em jogar a Ligue 1. Entretanto, não especifica quando teria sido a conversa entre ambos.

Apesar de afirmar que a intenção do jogador é continuar na Inter, a publicação diz ainda que o chileno já manifestou interesse em jogar no Flamengo. Mas sem detalhes de negociações, o Sport cita que até nas redes sociais Arturo postou fotos com a camisa rubro-negra. E destaca sua euforia em ver a torcida do clube.

O técnico da equipe de Milão, Antonio Conte, não vem escalando o atleta nas últimas sete rodadas. Assim, segundo o jornal, Vidal estaria em contraste com a grande temporada do time, que deve ser campeão italiano nesta temporada.

De acordo com o Gazzetta dello Sport, Arturo Vidal conversou com o Flamengo
Em março, o jornal Gazzetta dello Sport, da Itália, afirmou que o Flamengo poderia estar negociando com Arturo Vidal. De acordo com o texto, o meia e o Rubro-Negro teriam conversado. Entretanto, diz a publicação, os valores seriam muito altos.

Na reportagem, o jornalista Luca Taidelli afirma que a Inter pretende negociar o chileno por conta do alto investimento. Arturo teria 6,5 milhões de euros a receber na próxima temporada. Isso explicaria a dificuldade em repassar o jogador para uma outra equipe.

Contudo, o Vice-presidente de futebol do Flamengo, Marcos Braz, revelou ao site GE que não pretende reforçar o elenco agora. De acordo com o dirigente, as contratações só serão discutidas após as renovações de contrato com os meias Arrascaeta e Gérson.

Segundo o VP, antes de ir ao mercado o Rubro-Negro pretende acertar situações internas. Para ele, as prioridades neste momento são os acordos com Gérson e Arrasca. Assim, não haverá movimento por enquanto:

“Já conversei muito com Bruno Spindel e o presidente (Rodolfo Landim). Nossa cabeça é ajustar a parte interna para depois ir ao mercado. Não tem sentido ir para o mercado antes de fazer ajustes. Mas alguns ajustes que a gente tem a consciência que tem que fazer, como o do Gerson”, afirmou Braz.

DEIXE UM COMENTÁRIO

Faça seu comentário
Digite seu nome