Página incial Do Lado de Fora do Campo Flamengo prepara processo contra ‘influencer’ tricolor por ironias à tragédia no Ninho:...

Flamengo prepara processo contra ‘influencer’ tricolor por ironias à tragédia no Ninho: “Rede social não é terra sem lei”

5
0

No sábado (15), Flamengo e Fluminense protagonizaram um dos clássicos mais tensos dos últimos anos. Isso porque, as provocações começaram antes da bola rolar e terminaram bem depois do apito final. O empate em 1 a 1 na primeira partida da final do Carioca se tornou ‘detalhe’ após uma confusão que vai terminar na justiça.

Ao fim da partida, um ‘influencer’ do Fluminense utilizou o espaço em uma live no YouTube para fazer comentários maldosos sobre o incêndio do CT Ninho do Urubu, a maior tragédia da história do Flamengo. A fala do torcedor repercutiu nas redes sociais e chegou ao conhecimento de Rodrigo Dunshee, dirigente rubro-negro, que detalhou ao Coluna do Fla que os próximos passos serão tomados na justiça.

O vice-presidente geral e jurídico do Flamengo utilizou o Twitter pessoal para indicar que seria tomado medidas contra o ‘influencer’ tricolor: “Nome completo e endereço ou CPF?”, escreveu na publicação. Em contato com a reportagem, Dunshee afirmou que o departamento jurídico rubro-negro será acionado para tomar as medidas necessárias e reforçou: “Rede social não é terra sem lei”.

– Me marcaram na publicação. A minha dificuldade quando tem uma coisa muito agressiva como essa e falsa é descobrir onde ela mora e os dados. Logicamente, o Flamengo não tem como ir atrás de todo mundo, mas eventualmente a gente escolhe um ou outro para dar o exemplo de que tem que respeitar. A rede social não é terra sem lei. Eu já selecionei esse cara, mas agora preciso identificar o nome, CPF e endereço para poder fazer alguma coisa – antes de completar:

– Aparentemente, ele tem uma inscrição em um órgão que é obrigado a fornecer os dados, eu tenho como achar. Então, eu vou acionar o jurídico do Flamengo para me ajudar nisso e a gente vai atrás. As pessoas tem que entender que a rivalidade é no futebol, fora do futebol, a gente não pode falar mentiras e agressividades por aí. Isso não ofende só a mim, ofende a uma coletividade – finalizou.

DEIXE UM COMENTÁRIO

Faça seu comentário
Digite seu nome